Blog de um algarvio, nascido e criado em Olhão, orgulhoso da sua terra, adepto fervoroso do S.C.Olhanense, licenciado em Biologia pela Universidade do Algarve, e mestre em Biologia da Conservação pela Universidade de Évora.
publicado por Ventura | Sábado, 14 Junho , 2008, 10:58

A União Astronómica Internacional (UAI) anunciou hoje a criação de uma nova categoria de corpos celestes, os plutóides, dois anos depois de ter retirado Plutão da lista dos planetas do Sistema Solar. A nova categoria parece ter sido criada para compensar a despromoção de Plutão, já que além deste inclui apenas outro planeta anão, Eris, descoberto em 2003. Foi aliás a descoberta de Eris, um corpo celeste maior e mais afastado do Sol do que Plutão, que levou à retirada deste do Sistema Solar.

Um plutóide define-se então como corpo celeste numa órbita em redor do Sol a uma distância maior do que a de Netuno, que têm massa suficiente para que sua autogravidade supere as forças rígidas de seu material formador, de forma que eles assumam um formato com equilíbrio hidrostático (quase-esférico), e que não tenham destruído outros corpos ao redor de sua órbita."
A criação da nova categoria, divulgada em comunicado, foi decidida numa reunião da UAI realizada na semana passada em Oslo, na Noruega.
O comunicado dá uma definição de plutóide idêntica à de planeta anão, ou seja, um corpo celeste demasiado pequeno para ser considerado planeta, mas com massa suficiente para ter, graças à gravidade, uma forma quase esférica, e uma órbita mais afastada do Sol do que Neptuno, o oitavo e último planeta do Sistema Solar.
O único planeta anão conhecido que continua com essa classificação é Ceres, situado entre Marte e Júpiter.

A despromoção de Plutão decidida pela UAI em 2006 suscitou grande controvérsia no seio da comunidade de astrónomos.

(fonte)


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

17
21

23
24
25
26
27



arquivos
links
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO