Blog de um algarvio, nascido e criado em Olhão, orgulhoso da sua terra, adepto fervoroso do S.C.Olhanense, licenciado em Biologia pela Universidade do Algarve, e mestre em Biologia da Conservação pela Universidade de Évora.
publicado por Ventura | Segunda-feira, 25 Maio , 2009, 18:45

Cantemos todos a hora é de Festa
O Olhanense vamos apoiar
Não há alegria maior que esta
A nossa equipa unida a jogar


Jogaremos mais e melhor
Lutaremos com arte, alegria
E sentiremos de novo o ardor
Do renascer da alma Algarvia

(REFRÃO)
Olhanense, Olhanense, à vitória
Bradam vozes das gentes de Olhão
A nossa força é a nossa história
És nosso clube, nosso campeão

E com saudade alguns recordamos
Os passados momentos de glória
Com muito treino e coragem façamos
Brilhar de novo a chama da vitória

Olhanense em ti confiamos
Tens contigo o calor da mocidade
E orgulhosos todos te aclamamos
Tu és a alma da nossa cidade

(REFRÃO)
Olhanense, Olhanense, à vitória
Bradam vozes das gentes de Olhão
A nossa força é a nossa história
És nosso clube, nosso campeão

(Música de Arcílio Palma e Letra de Eugénia Sousa)


publicado por Ventura | Segunda-feira, 25 Maio , 2009, 14:34

1 - 0


S.C.OLHANENSE - Bruno Veríssimo (Ricardo Ferreira, 21'), Bruno Mestre, Marco Couto, Anselmo, Steven Vitória (Paulo Renato, 60'), Rui Baião, Castro, Rui Duarte (Dani, 71'), Ukra, João Paulo e Toy. 

GIL VICENTE - Marco (Rui Sacramento, 38'), Paulo Arantes, Pedro Ribeiro, Diego Gaúcho, João Pedro, Leonel Olímpio, João Coimbra (Bruno Filipe, 78'), Igor Souza, Kalaba, Zequinha (Hugo Monteiro, 46') e Hermes. 

Acção disciplinar: Cartão amarelo a Toy (15'), Steven Vitória (41') e Rui Duarte (66'). 

 

E nada melhor que acabar esta magnífica época, cheia de alegrias, com uma vitória em casa, num estádio com cerca de 9000 pessoas a apoiarem o campeão da Liga Vitális 2008/09.

Foi um jogo para cumprir calendário, uma vez que o clube de Olhão já tinha garantido a 1ª posição na Liga na jornada passada na casa do Gondomar.

Os jogadores da casa entraram em campo, com uma grande ovação do público presente, e pintados com as cores do clube.

A equipa da casa, sem nada a perder, entrou em jogo descontraído, permitindo ao adversário criar algumas oportunidades de perigo. Mas foi esta descontracção que também deu origem ao único golo da partida, aos 17', pelos pés de João Paulo.

O maior domínio do jogo foi da equipa gilista, desperdiçando inúmeras jogadas de perigo, mas o resultado não se alterou e foi as gentes de Olhão a continuarem a festa dentro e fora do Estádio José Arcanjo.

Embora quase lotado (faltava ainda alguns lugares na bancada norte, atrás da baliza),,já tinha visto o Estádio mais cheio. Corria a época 1995/96, quando o Sporting C.P. veio jogar a Olhão, pela taça de Portugal, saindo de cá com uma vitória algo duvidosa. Mas nunca tinha visto tanta gente a apoiar um único clube. E que espectáculo.

Uma cidade de pescadores que apoia o seu clube, e que há muito que merecia um lugar nos patamares principais do futebol português.

 

Um grande OBRIGADO a todos os jogadores pelos espectáculos e alegrias proporcionados, ao mestre Jorge Costa que rumou este barco em direcção à Liga Sagres e à direcção do clube pelo juízo que teve não entrando em loucuras.

 

Agora que venha a Liga Sagres!!!

 

SOMOS NÓS, SOMOS NÓS!

O ORGULHO DO ALGARVE SOMOS NÓS!


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13

19
20
22




arquivos
links
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds