Blog de um algarvio, nascido e criado em Olhão, orgulhoso da sua terra, adepto fervoroso do S.C.Olhanense, licenciado em Biologia pela Universidade do Algarve, e mestre em Biologia da Conservação pela Universidade de Évora.
publicado por Ventura | Domingo, 01 Fevereiro , 2009, 19:12

  2 - 1

Mais um jogo para juntar ao monte de jogos em que decisões do árbitro prejudicaram o S.C.Olhanense.

Como já devem ter percebido, perdemos mais uma vez. 2-1 frente ao Estoril-Praia, perdendo também a liderança (com a vitória do Santa Clara em casa frente ao Beira-Mar).

A equipa de Olhão dominou toda a primeira parte obrigando o Estoril-Praia a actuar recuado, estendendo-se no terreno a espaços, sem causar grandes perturbações à defesa do S.C.Olhanense.

Este domínio ficou visível após uma excelente jogada de entendimento entre João Paulo Oliveira e Ukra que terminou com um golo de Rui Duarte. Corria 15' de jogo.

Mas aos 34' ocorreu o caso do jogo que prejudicou o rumo que este estava a levar. Após um erro de Bruno Veríssimo, a bola chegou aos pés de Manuel Curto entrando isolado na área olhanense. Steven Vitória correu então em direcção ao jogador, e de forma exemplar cortou a bola mas acabou por derrubar o avançado do Estoril. Não sei o que passou pela cabeça de Augusto Costa (árbitro da partida) que acabou por expulsar Steven Vitória, mas não deixou de ter uma acção algo caricata. Após o lance, o ábitro dirige-se a Bruno Mestre mostrando-lhe a cartolina vermelha, acção que acabou por voltar atrás dirigindo então o vermelho ao central da equipa olhanense.

Com esta expulsão, o mister da turma de Olhão teve de abdicar de um avançado, neste caso João Paulo que se estreou pelo S.C.Olhanense, para colocar um novo defesa central (Javier Cohene) para manter o equilíbrio defensivo.

Na 2ª parte, o Estoril virou o jogo, mostrando-se mais ofensivo e com mais um jogador que a equipa adversária. Acabou então, aos 50' e 66', por dar a volta ao resultado, com dois golos de Luis Carlos, que, em duas jogadas, surgiu solto na área e a aproveitar a passividade da defesa do S.C.Olhanense.

A equipa algarvia ainda tentou lutar pelo empate mas nada conseguiu. O mister Jorge Costa ainda apostou em André Carvalhas e Moses para aumentar a dinâmica atacante que tinha perdido com a saída de João Paulo, mas já nada conseguiu fazer.

Devido à merda provocada pelo árbitro (desculpem lá o desabafo mas teve de ser) perdemos 3 pontos e a liderança que mantinhamos desde a 10ª jornada. Obrigado.


Dona Adelaide a 2 de Fevereiro de 2009 às 12:41
Oh meu menino, um rapazio tão novo e ja com tanta raiva dentro de si?? não fique chateado, agora tem é de ter cuidado com os palavrões, porque este deve ser um espaço de respeito e de cordialidade. Não se chateie. Vocês Homens e o futebol que combinação tão explosiva.

Beijocas

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10

17
20
21

27
28


arquivos
links
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO