Blog de um algarvio, nascido e criado em Olhão, orgulhoso da sua terra, adepto fervoroso do S.C.Olhanense, licenciado em Biologia pela Universidade do Algarve, e mestre em Biologia da Conservação pela Universidade de Évora.
publicado por Ventura | Sábado, 31 Maio , 2008, 15:45


publicado por Ventura | Sexta-feira, 30 Maio , 2008, 21:02

(Mais uma bela pérola da tradução portuguesa. Para quando um prémio para o génio que produz obras como esta...? Como já devem ter dado conta o espaço Pérolas acabou de ganhar um lugar cativo aqui no blog...)


publicado por Ventura | Sexta-feira, 30 Maio , 2008, 20:57


publicado por Ventura | Quinta-feira, 29 Maio , 2008, 19:35

Corria a data de 29 de Maio de 1953 quando, às 11:30 (hora local) da manhã, Edmund Hillary (australiano) e Tenzing Norgay (nepalês) alcançavam o cume da montanha mais alta do Mundo - o Monte Everest. Estava selada assim a primeira subida ao topo do Monte Everest com sucesso. Esta montanha também chamada de Chomolungma, Qomolangma, Zhumulangma ou Sagarmatha, eleva-se 8,848m acima do mar e situa-se entre a China e o Nepal. Até 2007 ocorreram 3,679 subidas realizadas por 2,436 pessoas, e já morreram 210 pessoas.

tags:

publicado por Ventura | Quarta-feira, 28 Maio , 2008, 20:32

(Clica na imagem para aumentar...)


publicado por Ventura | Segunda-feira, 26 Maio , 2008, 00:11

(Desculpem lá, mas não resisti...)
tags:

publicado por Ventura | Quinta-feira, 22 Maio , 2008, 00:01


publicado por Ventura | Quarta-feira, 21 Maio , 2008, 00:01

(clica na imagem para aumentar)

tags: ,

publicado por Ventura | Terça-feira, 20 Maio , 2008, 19:53

Nome Comum: Andorinha-do-Mar-Anã ou Chilreta

Nome Científico: Sterna albifrons

Nome em Inglês: Little Tern

 

A Andorinha-do-mar-anã é uma pequena ave marinha pertencente à Ordem dos Charadriiformes, onde também se incluem as gaivotas, embora numa família distinta - Sternidae-. É uma espécie migradora, cuja população da Europa Ocidental percorre duas vezes por ano o longo trajecto entre as zonas de invernada, na costa ocidental africana, e as áreas de nidificação, nas costas europeias.

Possuindo um comprimento de 22 a 24cm e uma envergadura de aprximadamente 50cm possui o dorso cinzento; peito, ventre e cauda brancos; asas maioritariamente cinzentas com as penas das extremidades mais escuras; coroa e nuca pretas; testa branca. O seu bico é amarelo com a extremidade preta (na Primavera e inicio do Verão).

A sua alimentação baseia-se sobretudo em pequenos peixes e crustáceos e também insectos, anelídeos e moluscos.

Chegam ao nosso país no mês de Abril onde escolhe e prepara o local do ninho. Nidifica principalmente em colónias, geralmente em grupos de 2 a 50 casais, em zonas abertas junto à água: ilhas isoladas ou penínsulas, praias arenosas ou com conchas, lagoas costeiras, estuários e complexos de salinas.  Em meados de Maio realiza-se a postura de 1 a 3 ovos levando cerca de 20 dias de incubação. Em Junho as crias nascem, acabando por deixar o ninho com 4 a 5 dias de idade procurando refúgio em zonas com vegetação. Levam cerca de 20 dias até estarem aptas a voar.

Entre Agosto e Outubro realiza-se a migração outonal. As crias migram acompanhadas pelos progenitores, sendo ainda alimentadas por estes 2 a 3 meses após efectuarem os primeiros voos.

Embora tenha sido considerada uma espécie comum em Portugal, a Andorinha-do-mar-anã tem actualmente uma distribuição restrita no nosso país, condicionada pela existência de habitat apropriado que não esteja sujeito a uma elevada pressão humana durante a época estival.

É relativamente fácil de observá-la em diversos sectores da costa portuguesa, principalmente no litoral algarvio, mas também nos estuários do Tejo e do Sado, na Ria de Aveiro ou na Lagoa de Santo André.

Como mera curiosidade, a Sterna albifrons é a Andorinha-do-mar europeia mais pequena.


publicado por Ventura | Terça-feira, 20 Maio , 2008, 01:41

De 25 a 29 de Junho vai-se realizar, nas ruas de Loulé, um dos festivais mais importantes do circuito mundial da World Music. Esta iniciativa é promovida e organizada pela Câmara Municipal de Loulé, já na 5ª edição, e visa divulgar a cultura dos países mediterrânicos e do mundo, proporcionando o contacto com as várias manifestações culturais, com especial relevo para a música.

Em termos musicais, este festival aposta claramente na divulgação de artistas e conceito "world music", tendo como critério base a excelência dos projectos musicais e a manifestação das suas origens.

Durante cinco dias, o MED apresenta mais de 40 nomes, entre bandas e DJs, num cartaz que integra ritmos de Espanha, Itália, Marrocos, Portugal, Jamaica, Mali, entre muitos outros países.

Mais do que uma mostra musical, este festival pretende ser um palco para outras manifestações culturais, afirmando-se como uma janela para o mundo, um local onde se podem conviver de perto com outras culturas, experienciar hábitos diferentes e provar os "sabores mediterrânicos". Durantre este periodo Loulé veste-se de cores quentes e, pelas ruas, será possível assistir a teatro e animação de rua, demonstrações originais de artes plásticas, provar iguarias gastronómicas.

Em 2007, mais de 15 mil pessoas, uma média de 3 mil por dia, visitaram o centro histórico de Loulé para conhecer ou reviver o espírito MED.

Já estão confirmados alguns nomes que se vão apresentar nos palcos este ano. Este ano o MED contará com a presença dos Balkan Beat Box, ao que também se junta um veterano, o cantor norte americano Solomon Burke, o auto-proclamado The King Of Rock and Soul, e os sons do Mali, com o famoso duo Amadou & Mariam. Os portugueses Deolinda e Ana Moura, os belgas Zita Swoon e os africanos Konono n.º1 também já foram confirmados para enriquecer o cartaz deste ano.

Mais actualizações para breve...

tags:

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Maio 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
17

19
23
24

25
27


arquivos
links
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds