Blog de um algarvio, nascido e criado em Olhão, orgulhoso da sua terra, adepto fervoroso do S.C.Olhanense, licenciado em Biologia pela Universidade do Algarve, e mestre em Biologia da Conservação pela Universidade de Évora.
publicado por Ventura | Sábado, 03 Janeiro , 2009, 01:11

Aqui está um piqueno e engraçado filme animado que encontrei nas minhas diambulações pelo Youtube...

 


publicado por Ventura | Quinta-feira, 04 Dezembro , 2008, 00:01

publicado por Ventura | Quinta-feira, 20 Novembro , 2008, 21:14


publicado por Ventura | Segunda-feira, 10 Novembro , 2008, 00:02

Cirurgiões veterinários retiraram, com sucesso, uma hérnia que o Paru francês (Pomacanthus paru) possuia e que já tinha rompido a pele, deixando os orgão expostos.

O paru, conhecido por Carla (herdou o nome da primeira-dama francesa Carla Bruni), é o único exemplar da sua espécie no Aquário de Londres (site).

A operação durou 30 minutos, após o peixe ter sido anestesiado e retirado do aquário. O peixe conseguiu respirar através de um tubo que bombeava água pela boca e que saía pelas branquias.


publicado por Ventura | Quarta-feira, 22 Outubro , 2008, 13:28

Segundo alguns cientistas, a Terra está neste preciso momento a enfrentar a 6ª Extinção em Massa de animais e plantas, com cerca de 50% de espécies já extinguidas.

A actividade humana encontra-se na principal posição para justificar tal acontecimento. Alguns biólogos da Universidade de Santa Barbara, encontram-se a trabalhar, dia e noite, para criar uma lista de espécies que têm prioridade máxima de conservação (Algumas possuem alta capacidade de adaptação às alterações ambientais o que as coloca nos últimos lugares).

A última extinção em massa que ocorreu na Terra foi à 65 Milhões de anos atrás, quando ocorreu a extinção dos dinossauros.

Atelopus varius - Critically endengered


publicado por Ventura | Segunda-feira, 13 Outubro , 2008, 12:19

Especialistas na matéria estão de acordo: o objectivo de impedir a excessiva perda de biodiversidade que cerca de 200 países assinaram, em 2002vai fracassar. Uns dizem que o objectivo já era inantigível desde o início enquanto outros diziam que o objectivo era envergonhar os governos com o fracasso.Todos os indicadores mundiais estão direccionando o objectivo na direcção contrária, e poucos governos traduziram o objectivo para a legislação nacional.

Segundo Ahmed Djoghlaf, secretário executivo da Convenção da ONU para a Diversidade Biológica (CBD), o objectivo era atingível desde que os governos agissem urgentemente, mas acabou de admitir que os indicadores estão dizendo que é improvável.

Na semana passada, o Red List of Threatened Species, mostrou que cerca de um quarto a um terço de todos os mamíferos encontram-se em risco de extinção.

O responsável pela comissão económica da perda de biodiversidade referiu que a degradação das florestas custa à economia mundial mais por ano do que a crise bancária actual.

(Cartoon via Notas ao Café)


publicado por Ventura | Segunda-feira, 13 Outubro , 2008, 09:09

A revista Science e a National Science Foundation (NSF) divulgaram os resultados do International Science and Engineering Visualization Challenge 2008.

A fotografia vencedora, intitulada de Floresta de Vidro, é da autoria de Mario De Stefano, da Segunda Universidade de Napoles (*), em Itália. Longe da inércia demonstrada, a fotografia mostra uma colónia de diatomáceas, algas unicelulares responsáveis pela produção de 40% do oxigénio presente na Terra.

Através do uso de um microscópio de varrimento electrónico, Mario De Stefano conseguiu capturar esta imagem da pequena (30µm) Licmophora ehrenbergii agarrada ao invertebrado Eudendrium racemosum, na costa italiana.

Estas algas caracterizam-se por utilizar a sílica para construir a sua parede celular e para interagir com o seu hospedeiro. Ao todo contabilizam-se mais de 100.000 espécies de diatomáceas, na maioria unicelular.


publicado por Ventura | Domingo, 12 Outubro , 2008, 23:50

Durante 24 horas seguidas descrever toda a biodiversidade existente numa determinada área.

 

É esta a ideia do Bioblitz!

Conceito criado nos E.U.A. em 1996, o Bioblitz consiste em criar um inventário de todos os organismos vivos existentes numa determinada área de modo a caracterizar a biodiversidade existente.

Desde as 15h do dia 17 (Sexta-feira) até às 15h do dia 18 de Outubro (Sábado), um grupo de especialistas em determinados grupos de animais, com a ajuda de uma equipa de voluntários procederão à identificação dos organismos encontrados. Esta actividade deve acontecer durante 24 horas completas, pois existem organismos que aparecem em diferentes alturas do dia.

O conceito BioBlitz utiliza um espaço verde urbano para despertar a consciência do público sobre a biodiversidade, a conservação e serviços do ecossistema. Esta interacção em tempo real entre investigadores e população permite à comunidade observar os cientistas em actividade, podendo participar na recolha das espécies. Paralelamente ao trabalho dos grupos de especialistas, ocorrem actividades paralelas, de forma a divulgar o conceito de biodiversidade e a sua importância no equilíbrio do ecossistema.

O primeiro Bioblitz em Portugal vai ser realizado no Campus de Gambelas (l) da Universidade do Algarve. Uma das principais razões da escolha deste lugar prende-se na sua localização, numa zona verde de pré-Parque Natural da Ria Formosa.

Para todos os interessados aviso que ainda vão a tempo de fazerem a vossa inscrição no Bioblitz, embora alguns grupos já estejam completos. Aqui o moi já confirmou a sua presença na equipa de identificação de Aves nos dois dias, chefiadas pelo Dr.João Ministro, colaborador da SPEA e da Associção Almargem.

Fica já de seguida um video do Bioblitz realizado em Washington D.C. em 2007.

 

 


publicado por Ventura | Sábado, 11 Outubro , 2008, 00:14

Uma equipa de biólogos da Australia's Commonwealth Scientific and Industrial Research Organization (CSIRO) anunciou ter descoberto, numa expedição submarina entre a Austrália e a Antártica, 274 espécies não conhecidas até aos dias de hoje. Dentro desse elevado número de espécies podemos encontrar corais, estrelas-do-mar, esponjas, camarões e carangueijos. Alguns dos corais pensa-se que tenham cerca de 2000 anos de idade.

Esta descoberta foi feita em duas viagens separadas a reservas marinhas localizadas a cerca de 200 milhas a sul da Tasmânia, a 2000m de profundidade. Esta foi a terceira maior descoberta recente (as outras duas foram feitas a 18 e 21 de Setembro deste ano) de novas espécies em águas australianas.

Através de camaras avançadas, os cientistas armazenaram cerca de 8000 fotos e 100 horas de vídeo.

(Ver fotos)


publicado por Ventura | Quinta-feira, 09 Outubro , 2008, 19:59

Chego a casa após um leve dia de aulas e sou logo bombardeado com um:

Tens uma surpresa no quintal!

Encontro uma caixa de papelão fechada em cima da mesa. Ao abrir deparo-me então com um pequeno mamífero roedor da família Sciuridae, um Tamias sibiricus, mais conhecido por Esquilo-da-Sibéria.

Algo assustado e com um terço da cauda que costuma ter venho a saber, pela minha mãe, que ela encontrou-o na rua, a ser atacado por um felino (que já lhe tinha levado o resto da cauda que lhe falta). Ao espantar o bichano, apanhou o roedor, colocou-o numa caixa de papelão (devidamente arejada) e lá o trouxe para casa.

Acabei de proceder à sua passagem para uma gaiola, com comida, àgua e roupa da cama limpa. Imóvel no início, já se recompôs e já  começou a dar umas voltitas na sua casa (Temporária! Uma gaiola de pássaro foi o que se arranjou nesta altura do dia!).

Fica ai já uma foto do bichito!

tags:

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Março 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
15
16

17
18
19
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30

31


arquivos
links
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds